História da Estância Antônio Montanher


Sempre sonhando em fazer algo que contribuísse com o desenvolvimento humano, o Sr. Airton Luiz Montanher, procurado por um grupo de pessoas que após acompanharem diversos campeonatos de corridas hípicas na região e apaixonados pela ideia, pediram apoio para que o clube hípico de Ribeirão corrente, parado desde 1998, fosse novamente montado e voltasse a fazer parte da história das corridas hípicas da região. Sendo assim, o Sr. Airton Luiz Montanher, resolveu na hora se juntar a equipe e fazer parte deste sonho, disponibilizando suas terras para montagem de um espaço chamado hoje “Estância Antônio Montanher” localizada na estrada que liga Ribeirão Corrente – Guará no km 3.

O nome foi escolhido em homenagem ao seu pai Antônio Montanher, pessoa que sempre honrou toda família e amigos e que com certeza fez jus em merecer esta bela homenagem.

Com a estrutura montada, cavalos adquiridos e nova equipe formada, o clube hípico de ribeirão corrente começou a treinar, retomando as corridas com muita força e garra, voltando a participar dos campeonatos das corridas hípicas em 2012.

A Estância Antônio Montanher, tem como objetivo ser um espaço para realização de diversos eventos, além das corridas hípicas, inclusive com uma escolinha hípica denominada “Vovô Tunico Montanher”, que terá início em agosto de 2012, com o objetivo de atender crianças em especial crianças carentes, despertando nelas sua autoconfiança e a oportunidade de descobrir novos talentos.

Fundador: Airton Luiz Montanher

Comissão: Sergino Lourenço Neto (Presidente), Luiz Alberto Guiral (Vice-Presidente) e demais membros da Comissão: Aninha Montanher, Joel Henrique Bertanha, Antônio de Souza Diniz, Paulo Sérgio Mendes,  Samuel Nogueira e Silva, Luiz Alberto Patrocínio, José Daniel Liporone de Toledo e Orivaldo Alves Carrijo.